BEla ensemble

Os Bela Ensemble nasceram em Alfama, no seio de uma das casas mais representativas da tradição musical desse pitoresco bairro de Lisboa. Uma casa que transpira tradição, mas que também é uma vitrina da Alfama contemporânea, habituada a conviver, desde sempre, com culturas e gentes de todos os cantos do mundo.
Reproduzir vídeo

eu sou povo e canto esperança

irmãos I
+ info

Fados com letras de poetas antigos como Henrique Rego, Gabriel de Oliveira, João Dias, entre outros, são aqui cuidadosamente revestidos com uma roupagem musical arrojada e contemporânea. Autêntica música urbana portuguesa que brota da cultura viva da cidade de Lisboa.

Nesse processo criativo e musical, a carga emocional e poética da tradição é o veículo perfeito para o arrojo de novos arranjos, para a desconstrução rítmica, a fim de alcançar o ponto de convergência entre a tradição e a experimentação.

Assim, os Bela Ensemble apostam numa mistura cuidada de ritmos e balanços oriundos de outras latitudes, com especial influência de géneros das músicas do mundo como o flamenco, a música afro-latina, sobretudo de Cuba e do Peru, o samba de raiz brasileiro, o rock, o metal e a música progressiva.

Os Bela ensemble

Carlos Mil-Homens: percussão
João Penedo: contrabaixo
Otto Pereira: violino
Ana Margarida: voz
Rafael Brides: guitarra de 7 cordas

Management & Booking

Hélder Moutinho
hmmusica@hmmusicamwf.com ​

+351 917 772 704

 

ÁLBUM DE ESTREIA

"BELA ENSEMBLE"

Chama-se Bela Ensemble e é um quinteto que, ao fim de seis anos de existência, lança agora o seu primeiro álbum. Fundado em 2017, em Lisboa, na casa de fados Tasca de Bela (daí o seu nome, Bela Ensemble), OS Bela Ensemble cruzam o universo do fado com sonoridades e ritmos de várias latitudes, como o flamenco, a música afro-latina e sul-americana (Argentina, Cuba, Peru, Brasil), a música progressiva, o rock e até o metal, mas sem que o fado se apague nesta mescla sonora. “O fado é a base e a alma do nosso trabalho”, diz ao PÚBLICO Carlos Mil-Homens. “Mesmo ao misturáramos estas sonoridades no universo do fado, este nunca perde as suas características. Para mim, soa-me a fado, é o fado que eu ouço na minha cabeça. E como normalmente não mexemos na estrutura harmónica e poética, mantemos uma das principais características do fado. E é sempre cantado com muita reverência e respeito.”

CONTACTOS
hmmusica@hmmusicamwf.com
+351 917 772 704
HM SOCIAL MEDIA
© HM Música MWF 2023
ALL RIGHTS RESERVED